Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Habitação: Governo anuncia quatro escalões para empréstimos
Sexta, 12/10/2012

O Governo anuncia hoje à tarde as novas regras para os empréstimos bancários para a aquisição de habitação. A Rádio Macau sabe que o Executivo decidiu criar quatro escalões, que determinam várias diferenças no acesso aos empréstimos para residentes e não residentes.

 

Quem tem Bilhete de Identidade de Residente de Macau tem acesso a percentagens maiores do valor do imóvel ou da availação. Mantém-se, no entanto, a impossibilidade de empréstimos a 100 por cento.

 

Quanto aos escalões que o Executivo vai anunciar esta tarde, para a aquisição de imóveis até 3,3 milhões de patacas, os residentes podem pedir 90 por cento do valor. Já os não residentes não vão conseguir mais de 70 por cento.

 

No escalão a seguir, para casas de preço superior a 3,3 milhões e inferior ou igual a seis milhões de patacas, o empréstimo é menor: 70 por cento para os residentes e 60 por cento para os não residentes.

 

Aos interessados em obterem um empréstimo para aquisição de habitações avaliadas em mais de seis milhões de patacas e de valor inferior ou igual a oito milhões, os bancos podem emprestar 60 por cento, se forem residentes, e 50 por cento aos clientes que não têm BIR.

 

O segmento de luxo fica reservado a quem tem dinheiro na conta: em casas de mais de oito milhões de patacas, os residentes só podem pedir metade do montante, sendo que os não residentes não vão poder pedir empréstimos superiores a 40 por cento.

 

Para estes quatro escalões vão ser ainda afixados tectos relativos aos empréstimos.