Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Chui Sai On apela à calma no edifício em perigo de ruir
Quinta, 11/10/2012

O edifício residencial Sin Fong Garden, na zona do Patane, teve de ser evacuado ontem por perigo de derrocada. Fissuras num dos pilares do parque de estacionamento provocaram a queda de pedaços de betão, colocando em risco a vida de 200 pessoas.

 

O Governo já esteve nas imediações do edifício. O Chefe do Executivo fez-se acompanhar do secretário para os Transportes e Obras Públicas e do director dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes. No local, Chui Sai On apelou à “calma” de modo a que os técnicos possam fazer as inspecções necessárias para “se garantir a segurança dos moradores”.

 

O líder do Governo promete também diálogo para se encontrarem soluções para os dias que se seguem. “Em breve os chefes dos departamentos governamentais vão ter um encontro com os proprietários das casas para debater os planos para os próximos dias. As informações preliminares, que tenho em mãos, indicam serem necessários sete dias para a recolha de dados suficientes sobre o estado das estruturas deste edifício. Esperamos que todos consigam ter manter uma vida normal nestes dias”.

 

De acordo com Pereira Coutinho, que esteve hoje no local, os moradores vão, a partir de hoje, ser alojados em dois hotéis. O deputado disse, à Rádio Macau, que as autoridades falam numa estadia de quatro dias, o que “não é suficiente”. “Vamos lutar para que pelo menos durante uma semana eles possam ter um local para morar, tomar banho e residir. Tanto o Laboratório de Engenharia Civil como a Universidade de Macau estão a fazer testes para ver o que pode ser feito para eles poderem voltar a casa, mas não está a ser fácil, porque, de facto, há um grande perigo de poderem acontecer coisas mais graves naquele edifício”.

 

O deputado sublinha que pelo menos três blocos estão afectados, por causa das obras no estaleiro ao lado. Os moradores do Sin Fong Garden puderam ir, ao início da tarde, aos seus apartamentos buscar os bens indispensáveis ao dia-a-dia, como roupa e medicamentos.