Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Ho Iat Seng: Assembleia incapaz de fiscalizar orçamento
Quinta, 11/10/2012

O vice-presidente da Assembleia Legislativa não acredita que o Governo avance em breve com uma alteração à lei no sentido de obrigar o Executivo a apresentar aos deputados o orçamento actualizado. Ho Iat Seng avisa, no entanto, que, sem uma revisão das actuais regras, os deputados pouco podem fazer em matéria de fiscalização.

 

“Há tantos projectos, por exemplo, o novo campus da Universidade de Macau, o metro ligeiro, os novos aterros. Como é que conseguimos fiscalizar o orçamento e ver se há valores excessivos, ou se o orçamento é razoável? Neste momento, não fazemos a mínima ideia”, lamenta Ho Iat Seng.

 

O vice-presidente da Assembleia Legislativa foi mais longe e deu razão aos residentes que reclamam: “O problema é que, se não me dão um valor global, mas só uma estimativa, não é possível controlar o orçamento. Por isso, a população tem razões para se queixar, porque nós não podemos fazer nada.” Ho Iat Seng esclarece que a Assembleia Legislativa "não quer poder", mas antes poder exercer como deve ser a sua fiscalização. "Não somos o líder da legislação", acrescentou.

 

Declarações de Ho Iat Seng aos jornalistas, transmitidas ontem pelo Canal Macau da TDM.