Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quarta-feira)
Quarta, 10/10/2012

Na actualidade local, o destaque vai para as receitas do jogo e ainda para a subida dos salários dos funcionários públicos, que não deve acontecer para já. Na região vizinha, os jornais focam temas diferentes, como o “disparo” dos preços dos imóveis ou as possíveis modificações à lei anti-tabaco.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Va Kio acompanha os trabalhos de prevenção da febre de dengue. O diário diz que já foram acrescentados mais três turnos de fiscais, que têm como funções inspeccionar as ruas e apelar à cooperação da população no combate à propagação da doença. O Va Kio refere ainda os dados dos Serviços de Turismo, que apontam para a entrada de mais de 950 mil turistas em Macau durante a Semana Dourada, especificamente, de 30 de Setembro a 7 de Outubro.

 

O Ou Mun escreve que um aumento salarial para os funcionários públicos pode ficar de fora do relatório das Linhas de Acção Governativa, que vão ser anunciadas no próximo mês. O matutino sublinha também que, em finais deste ano, o Governo vai abrir um concurso para a contratação de funcionários de quadros superiores, ou seja, para lugares com um índice de 430 - que representa pelo menos 28 mil patacas. O concurso exige curso universitário.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi diz, nesta manhã informativa, que dados do Instituto de Habitação indicam que, até ao presente momento, já foram seleccionados ou vendidos 5508 apartamentos entre um total de cinco empreendimentos de habitação económica. A rádio destaca ainda a Comissão de Deliberação das Remunerações dos Trabalhadores da Função Pública que ainda não tomou uma decisão sobre um eventual aumento dos salários da Função Pública.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily diz, na notícia principal, que as receitas brutas do jogo devem crescer entre 10 a 15 por cento neste ano. A estimativa é de Manuel Joaquim das Neves, da Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, que sublinha ainda estar a fazer uma análise conservadora. Noutro destaque, o diário escreve que a “semana dourada perde o brilho para comerciantes”, porque a venda de ouro e jóias ficou aquém das expectativas da indústria.

 

O Macau Daily Times coloca também em grande plano o jogo: “a indústria dos casinos pode bater um novo recorde mensal”. O diário sublinha que, em Outubro, e apenas na Semana Dourada, as receitas brutas das mesas de jogo atingiram 8,8 mil milhões de patacas. Outro título diz ainda que académico do Nevada “apoia proibição de entrada nos casinos a menores de 21 anos”. Anthony Cabot destaca a importância dos regulamentos, que cada região deve adoptar mediante a sua realidade social, e afirma que Macau tem de proteger o grupo mais vulnerável da população dos possíveis malefícios do jogo. Na fotografia, o Times foca a cultura do café que “está a ganhar força” na China.

 

O Macau Post refere na manchete que “membro do Conselho Executivo não vê necessidade de medidas adicionais do Governo para o problema do mercado imobiliário”. Liu Chak Wan acredita que qualquer medida do Executivo para o mercado privado teria “um efeito limitado”.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve, a vermelho, que “falta de professores pode criar situação dramática”. A académica Teresa Vong “defende que o Governo tem de calcular necessidades reais”, a propósito da falta de pelo menos 700 docentes. O diário publica uma fotografia de Michael Rutter para avançar que o piloto britânico regressa ao Grande Prémio de Macau para tentar a 8ª vitória.

 

A manchete do Ponto Final refere um “pico de suicídios”. Dados revelam que houve pelo menos 80 casos no ano passado, 15 dos quais entre turistas. O Serviço de Psiquiatria do São Januário está a estudar os motivos do fenómeno. O destaque fotográfico é feito com a Assembleia Legislativa que “vai aumentar a despesa em 15,8 por cento”. Ontem foi anunciado um orçamento de 127 milhões de patacas para 2013. A maior parte vai para despesas com o pessoal e com o regime de aposentação.

 

O Hoje Macau coloca em grande plano o secretário para os Transportes e Obras Públicas, com o título “aqui é que estou bem”. Lau Si Io “desmente saída do elenco governativo em Dezembro”, afirmando que tudo não passa de “rumores”. Na primeira página destaque ainda para uma entrevista aos Orelha Negra, que vão representar Macau no Festival da Lusofonia.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post escreve, na manchete, que os “preços dos imóveis disparam”. O jornal destaca ainda os novos recordes nos valores das vendas, que são atingidos todos os meses. Em Agosto, foi registado o pico mais alto, com valores que chegam a ser o dobro daqueles praticados em 1999. Já os preços das rendas têm aumentado, mas mais “lentamente”. Na fotografia vê-se uma fila de encarregados de educação, que esperaram horas para inscrever os filhos no Jardim de Infância Fung Kai. A instituição espera cerca de 1400 inscrições para 240 lugares.

 

A fotografia do China Daily mostra vários ciclistas a pedalarem em frente à Praça de Tiananmen, na terça-feira, dia do arranque da Volta a Pequim. A primeira prova foi ganha pelo italiano Elia Viviani. Na manchete lê-se que “disputa sobre as Diaoyu afecta economia mundial”. Analistas, ouvidos pelo jornal, prevêem que a contenda entra a China e o Japão vai ter consequências na economia global, e numa altura em que o Fundo Monetário Internacional baixou as previsões de crescimento mundial para este ano.

 

O título do Standard diz que há um apelo à responsabilização judicial dos gerentes dos bares e dos restaurantes, onde sejam apanhadas pessoas a fumar. A hipótese é colocada pelo Conselho para o Tabagismo e Saúde de Hong Kong.