Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

LAG 2013: Kai Fong querem medidas contra a inflação
Terça, 09/10/2012

Medidas contra a inflação, a continuação do plano de comparticipação pecuniária  e melhorias na habitação. Estas são algumas das sugestões deixadas pelos representantes da União Geral das Associações de Moradores de Macau, num encontro ontem com o Chefe do Executivo, a propósito das Linhas de Acção Governativa (LAG) para o próximo ano. Na reunião, Fernando Chui Sai On afirmou que este é o momento oportuno para Macau criar “um mecanismo permanente de bem-estar social” para os cidadãos, mas não revelou de que forma é que isso pode ser implementado.

 

Segundo Fernando Chui Sai On, em destaque nas LAG para 2013 vão estar, mais uma vez, o desenvolvimento económico e o aperfeiçoamento da qualidade de vida da população. A cooperação regional é um dos pontos que merecem atenção, a nível do desenvolvimento económico. Já no que toca o dia-a-dia da população, Fernando Chui Sai On mostra-se preocupado com o impacto da subida dos preços.

 

O Chefe do Executivo promete, assim, “medidas de curto prazo”, para aliviar os efeitos sobre os grupos mais desfavorecidos, mas promete também a criação do referido mecanismo permanente, “nas áreas da saúde, educação, bem-estar e garantia social”.

 

No encontro que decorreu na sede do Governo, o presidente da Assembleia-Geral dos Kai Fong, Io Hong Meng, lembrou o líder do Executivo de que a habitação é o problema que mais preocupa os residentes e, também nesta área, Fernando Chui Sai On prometeu agir.

 

Quanto ao mercado imobiliário, o Chefe do Executivo explicou que o Governo “já estudou algumas medidas” e que as políticas a longo prazo vão centrar-se no aumento da oferta de terrenos e da habitação pública e numa maior rapidez de aprovação dos projectos de construção.