Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Sector dos serviços com mais peso na economia
Sexta, 05/10/2012

O contributo do sector dos serviços para a economia de Macau aumentou no ano passado na maioria das áreas. A excepção foi a administração de imóveis, em que o valor acrescentado bruto caiu 2 por cento para 468 milhões de patacas. São dados divulgados esta sexta-feira e que constam do Inquérito aos Serviços.

 

Na área da segurança, o contributo económico foi de 530 milhões de patacas, mais 14 por cento do que em 2010. Subida também na área dos serviços de limpeza: 307 milhões de patacas, um aumento de 15 por cento.

 

Os 151 milhões de patacas gerados no ano passado pela área da publicidade representam um acréscimo de 33 por cento em relação ao contributo económico dado no ano de 2010. Já a área da organização de convenções e exposições viu as receitas caírem no ano passado 34 por cento, face ao ano anterior, mas o valor acrescentado bruto, ou seja, o contributo para a economia subiu 38 por cento para 40 milhões de patacas.

 

Já quanto à formação bruta de capital fixo no ano de 2011, e fazendo as contas a todas as áreas do sector dos serviços, foi de 23 milhões de patacas. Destaque, no entanto, para quebras na formação bruta de capital fixo nas áreas da limpeza e da publicidade. No caso das convenções e exposições, houve um aumento de 251 por cento.