Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Neto Valente: “Há [na Assembleia] gente que não vale nada”
Sábado, 29/09/2012

Neto Valente está a ponderar uma candidatura à Assembleia Popular Nacional. No programa Rádio Macau Entrevista, o advogado diz que ainda é cedo para apresentar candidaturas, mas não afasta a possibilidade.

 

Já quanto a um regresso à Assembleia Legislativa (AL), Neto Valente nega que tal possa acontecer. O antigo deputado não poupa críticas em relação a alguns membros da AL – que não identifica, mas que considera irem “até ao limite da mediocridade”.

 

“Sou contra a demagogia, sou contra o populismo, e infelizmente o que se vê é que muitas pessoas dizem o que não podem prometer. Nas eleições mais recentes que tem havido para a AL, os candidatos ao sufrágio directo propõe autênticos programas do Governo. Isto é apenas deitar poeira para os olhos das pessoas”, defende. “Seria muito indelicado e descortês da minha parte estar a fazer um balanço em geral. Agora, que há lá gente que não vale nada, há – não vou dizer nomes. Mas há lá gente que é medíocre até ao limite da mediocridade. Há pessoas que não têm o grau de inteligência para estar nem ali, nem em outro lado.”

 

Na entrevista conduzida por Gilberto Lopes, Neto Valente esclarece ainda que não é contra o sufrágio directo, mas diz também que “não é uma garantia de que os melhores serão eleitos”, porque “é mais fácil eleger quem promete o que não pode dar” e também porque “continua a haver compra de votos”.