Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

GCS refuta críticas sobre sondagem deliberativa
Sexta, 21/09/2012

O Gabinete de Comunicação Social (GCS) respondeu às críticas da Associação Novo Macau sobre a sondagem deliberativa acerca da revisão da Lei de Imprensa. De acordo com o presidente da associação, Jason Chao, o associação diz que a sondagem foi dispendiosa, tendo custado 3,5 milhões de patacas, e que não tem valor científico.

 

Em comunicado, o GCS diz que “o projecto de investigação tem como princípio factores científicos, públicos e de grande transparência.”

 

No documento lê-se, ainda, que “em termos de qualidade e quantidade”, o relatório apresentado pela empresa ERS “mostra grande profissionalismo e enorme esforço da equipa de estudo.”

 

Quanto aos resultados, o GCS afirma que “são científicos e representativos, como também constituem uma oportunidade excepcional que permite à população uma participação cívica de forma justa.”