Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

PIB cresce apenas 7,3 por cento no segundo trimestre
Quinta, 30/08/2012

O crescimento da economia de Macau está a abrandar. No segundo trimestre do ano, o Produto Interno Bruto cresceu apenas 7,3 por cento. Apesar do abrandamento entre Abril e Junho, a economia de Macau cresceu 12,6 por cento no primeiro semestre.

 

O crescimento registado no segundo trimestre é justificado com os abrandamentos na exportação de serviços no âmbito do jogo, na despesa total de visitantes (à excepção do jogo) e no investimento.

 

No primeiro trimestre a economia de Macau tinha crescido 18,6 por cento.

 

No segundo trimestre o consumo privado aumentou quase 13 por cento. A despesa de consumo final do Governo registou um acréscimo homólogo de 5,2 por cento.

 

A remuneração dos empregados aumentou 4 por cento  as compras líquidas de bens e serviços subiram 7,5 por cento.

 

Quanto à formação bruta de capital fixo, que reflecte o investimento, o crescimento contraiu-se para 11,6 por cento, em termos anuais.

 

O investimento do sector privado baixou 6,3 por cento. Já o investimento público subiu cerca de 188 por cento, devido ao investimento em construção ter crescido 194 por cento, graças sobretudo à construção do novo campus da Universidade de Macau na Ilha da Montanha, e também à habitação pública.  O investimento em equipamento aumentou 104%.

 

No segundo trimestre as exportações aumentaram 19 por cento. Já as importações desceram de 26,1 por cento no primeiro trimestre para 15,5 por cento no segundo trimestre.