Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Caso La Scala: Ng Kuok Cheong já tem ideia para terrenos
Quarta, 15/08/2012

Ng Kuok Cheong não está surpreendido com a decisão do Governo de anular a concessão dos terrenos do empreendimento de luxo La Scala. Ainda assim, o deputado da Associação Novo Macau sublinha que essa decisão não deixa de ser negativa para a imagem de Macau, já que implica um caso de corrupção. Ng Kuok Cheong espera agora que os terrenos em causa sejam usados para servir o interesse dos residentes. “Este caso tem uma influência negativa na imagem de Macau, o que não me deixa satisfeito. Temos de usar estes terrenos de forma mais prática, vou tentar convencer o Governo a utilizá-los para a construção de habitação pública. Desta forma, as más notícias passariam a boas notícias.”

 

Chan Chak Mo discorda. O deputado defende antes um concurso público para nova concessão dos terrenos. “Por estarem perto do aeroporto não sei se será boa a ideia de habitação pública. O Executivo devia abrir um concurso público para as pessoas poderem construir empreendimentos residenciais”. Chan Chak Mo acrescentou ainda que “apoia” a decisão do Governo de declarar nula a concessão dos terrenos.

 

Já o deputado Vong Hin Fai lembra que pode ainda haver recurso, mas sublinha que, caso a decisão do Executivo se mantenha, há formas de compensar quem já comprou os apartamentos. “O Governo já disse que os compradores, na sequência de cancelamento das respectivas promessas de compra e venda, poderiam ir às finanças pedir a devolução do dinheiro, de acordo com uma notícia do telejornal. Vong Hin Fai referia-se ao anúncio dos Serviços de Finanças de que os compradores de fracções no empreendimento La Scala que tenham pago o imposto do selo por transmissão de bens podem ser ressarcidos do valor cobrado pela Administração.