Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Chui Sai On na AL: Sales Marques quer cidade sustentável
Quinta, 09/08/2012

 

Macau tem de apostar no ambiente para ser uma cidade do século XXI – e essa aposta, considera Sales Marques, passa pela construção sustentável e por veículos amigos do ambiente. Na véspera da ida à deslocação do Chefe do Executivo à Assembleia Legislativa, perguntámos a vários profissionais de Macau o que fariam se fossem líderes do Governo.

 

Para o presidente do Instituto de Estudos Europeus, chegou a altura de o território introduzir normas que permitam uma construção sustentável. “Não podemos continuar a esquecer-nos desta questão fundamental que tem que ver com o ambiente, mas também com uma ideia de vida e de qualidade de vida que qualquer cidade moderna pretende conseguir.”

 

Nas cidades modernas de que fala Sales Marques são adoptados veículos verdes, amigos do ambiente. O economista propõe que o Governo incentive a utilização deste tipo de viaturas e defende uma maior coordenação do sistema de transportes. “Nesse particular, era capaz de tentar introduzir normas mais rígidas, mais pesadas, de fiscalização do comportamento dos táxis”, refere, sugerindo que seja a polícia a agir, porque os fiscais da Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego não conseguem controlar os taxistas.

 

Noutro campo de acção, Sales Marques entende que é preciso começar a encarar, de outro modo, a mão-de-obra qualificada: tem de se assumir, de uma vez por todas, que Macau precisa de gente de fora. “Acho importante tratar da contratação, da permanência e da integração dos profissionais em Macau, que não são residentes, de uma forma diferente.”

 

Associada à mão-de-obra, o economista identifica ainda outra questão: é preciso fazer mais e melhor no que toca ao apoio das pequenas e médias empresas, pensando em incentivos que não são apenas financeiros, mas que passam por novos enquadramentos, para que Macau ganhe efectivamente com aquilo que produz.

 

Sales Marques foi um dos entrevistados da Rádio Macau, que tem estado ao longo desta emissão a ouvir pessoas de diferentes quadrantes sobre as prioridades que o Executivo deve ter em conta na governação do território.