Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Última despedida de Manuel Gonçalves
Sábado, 04/08/2012

"A memória que me fica é sobretudo a de um homem de muita coragem e frontalidade." As palavras são de José Luís Sales Marques, presidente do Instituto de Estudos Europeus de Macau, sobre Manuel Gonçalves, o antigo administrador da TDM, que morreu na passada quarta-feira vítima de doença prolongada.

 

Ontem à noite, houve lugar para a última despedida de amigos e antigos colaboradores. "Foi um bom camarada de profissão e, naturalmente, um bom filho da terra. Acima de tudo, guardo boas memórias das alturas em que tive a oportunidade de trabalhar em projectos conjuntos", afirmou Manuel Silvério, ex-presidente do Insituto do Desporto.

 

Já Manuel Cansado de Carvalho, cônsul-geral de Portugal na RAEM, destacou a obra na TDM levada a cabo por “um português distinto, que perdemos demasiado cedo”. “Viveu cá, viveu em portugal, ligou Portugal e Macau de muitas maneiras. Era uma pessoa que tinha para dar e que desapareceu demasiado cedo", observou o diplomata.

 

Luís Sá Cunha recordou os tempos em conjunto no Instituto Cultural, organismo de que Manuel Gonçalves foi vice-presidente: "Convivi com ele durante vários anos. A memória que guardo é que era uma pessoa de grande correcção. Tratou-me sempre com enorme cordialidade, com enorme compreensão”.

 

António José de Freitas, provedor da Santa da Casa da Misericórdia – instituição à qual estava ligado Manuel Gonçalves –, sublinha a “integridade de um homem” que conhecia "desde os bancos da escola” e com quem diz ter aprendido “muito na vida”.

 

António Conceição Júnior confessa que prefere elogios em vida. “Mas existe uma memória muito forte com o Manuel que nunca reclamei e que nunca irei reclamar e que ficará entre nós”, disse. “A vida é tão breve que, provavelmente, haverá muita gente, a começar por mim, que deve retirar a lição sobre o que é o sentido da vida e a importância das coisas verdadeiramente importantes", rematou.