Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Feira de Produtos de Guangdong e Macau: "Espaço é limitado"
Quinta, 02/08/2012

Arrancou hoje a quarta edição da Feira de Produtos de Guangdong e Macau que conta com um total de 247 stands, 85 dos quais da RAEM. Esta manhã, o secretário para a Economia, Francis Tam, admitiu que “número de stands é limitado pelo espaço”, mas ainda assim defende que “é uma boa localização para os residentes de Macau virem à feira”.

 

A ideia é partilhada que a vogal executiva do Instituto de Promoção do Comércio e Investimento de Macau, Irene Lau, partilha. Lau admite que se tem “pensado sobre a questão de mudar para outro local há muitos anos” apesar de entender que o actual local é o melhor para os residentes. “Os cidadãos já se habituaram a este sítio, por enquanto queremos mantê-la na Doca dos Pescadores”,explica.

 

Aos jornalistas, Irene Lau falou nas hipóteses do certame mudar no futuro para o Venetian ou o Galaxy no Cotai, mas sublinhou também que a gestão da Doca dos Pescadores admite a possibilidade de expandir a área para exposições.

 

Às primeiras horas do evento tinham sido assinados três acordos de cooperação.O secretário para a Economia e Finanças considera que “a assinatura dos protocolos é apenas um símbolo da importância da cooperação entre os dois territórios”.Os acordos de cooperação assinados esta  manhã estão relacionados com a produção de motociclos e peças, a venda a retalho e ainda com a organização de seminários no próximo ano.

 

A Feira de Produtos de Guangdong e Macau decorre até Domingo com entrada grátis.