Em destaque

13 de Dezembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5148 patacas e 1.1755 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 26/07/2012

Nos jornais de Macau os temas em manchete hoje são diversos mas em comum, em quase todos, as intenções manifestadas durante a visita de Fernando Chui Sai On à zona norte. Em foco também as declarações do empreiteiro do túnel da Ilha da Montanha que assegura não ter havido feridos no colapso da estrutura. O canal chinês da Rádio Macau dá destaque à nova via para motociclos na Ponte Sai Van. Os jornais de Hong Kong dão conta de um acordo da Bolsa de Valores da RAEK com Londres e as cheias em Pequim.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

A visita de Fernando Chui Sai On à zona norte faz a manchete do Va Kio. O tema ocupa quase toda a primeira página com o jornal a evidenciar as quatro propostas feitas pela Associação Industrial e Comercial da Zona Norte. Fernando Chui Sai On prometeu ainda reservar terrenos para construir habitação pública e Lau Si Io, por sua vez, afirma que vai estimular a economia da zona norte. O secretário garante igualmente resolver o problema de trânsito junto à nova fronteira com a província de Guangdong. Em foco ainda o Túnel da Ilha da Montanha e as garantias que nenhum trabalhador ficou ferido. O empreiteiro garante que a empresa não tem nada a esconder. O Gabinete para o Desenvolvimento das Infraestruturas assegura que a obra tem sido fiscalizada.

 

A primeira página do jornal Ou Mun é hoje preenchida inteiramente com publicidade, mas no interior o diário destaca a visita do Chefe do Executivo à zona norte. Fernando Chui Sai On espera que a nova fronteira com a China possa ajudar a revitalizar a zona, onde podem vir a nascer hotéis económicos. Ainda em foco o Regime de Poupança Central com o Governo a injectar este ano mais seis mil patacas. O jornal destaca ainda o fim do prazo para as candidaturas à Assembleia Popular Nacional.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

Na manhã informativa, a Ou Mun Tin Toi dá atenção à nova via para motociclos na Ponte Sai Van. Este foi o tema que esteve em destaque no Fórum, o programa de antena aberta do canal chinês da rádio. As autoridades admitem que a medida pode causar, no início, algumas situações de engarrafamento e que a via especial a ser criada não é 100 por cento segura. O condutores têm de cumprir as leis, alertam as autoridades.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

No Business Daily o grande destaque vai hoje para a Melco Crown Entertainment e o projecto do Studio City, no Cotai. O jornal económico diz que o novo empreendimento continua de fora da lista de casinos. Uma fonte não identificada adianta que talvez não seja preciso uma autorização formal para que o novo empreendimento possa contar com uma sala de jogo. Noutra chamada de capa o jornal escreve que os pré-compradores de apartamentos no La Scala podem adiar pagamentos.

 

O incidente no Túnel da Ilha da Montanha volta à primeira página do Macau Post Daily. O jornal titula que empreiteiros insistem que nenhum trabalhador ficou ferido ou morreu no colapso do túnel. O diário conta na edição de hoje que os Serviços de Alfândega identificaram vendedores de produtos contrafeitos. Cinco pessoas foram detidas.

 

No Macau Daily Times lê-se “enfermeiro suspeito de forjar documentos, Ministério Público identifica suspeito(s) no caso das campas”. Na imagem de primeira página do jornal em língua inglesa uma panorâmica dos casinos Grande Lisboa, Lisboa e Wynn e o título “Um voo sobre a cidade do jogo”. A história de um americano que há quatro anos começou a interessar-se por locais com casinos, um deles é Macau. David R. Martin esteve no território e conta a sua experiência.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Ponto Final titula “seis mil patacas para a reforma”. Mais de 300 mil pessoas estão na lista provisória para receber seis mil patacas que o Governo soma este ano ao Regime de Poupança Central. Um custo global de 2,3 mil milhões de patacas. No destaque fotográfico as candidaturas ao colégio eleitoral que em Janeiro escolhe os delegados de Macau à Assembleia Popular Nacional.

 

No Hoje Macau em foco a Doca dos Pescadores que vai ser revitalizada em “grande estilo”. O jornal escreve a este propósito “mil milhões de patacas para mudança radical”. Para o projecto avançar falta só o aval do Governo. David Chow deverá anunciar mais pormenores em meados de Agosto. Noutra chamada de capa lê-se que “idosos recebem apoio financeiro a partir de Outubro”. Ficaram de fora 96 mil.

 

“A Tuna Macaense está a desaparecer” titula o Jornal Tribuna de Macau. Elementos do grupo dizem que têm sido remetidos ao esquecimento e temem pela continuação do grupo. O grupo queixa-se da falta de um espaço para ensaio e dos escassos convites de entidades oficiais. Em destaque fotográfico também os alunos do Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesas. “À descoberta de outras nações com a “âncora”do Português”, escreve o jornal.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

No South China Morning Post o destaque vai para o acordo entre a Bolsa de Hong Kong e a Bolsa de Metais de Londres (London Metal Exchange). O jornal conta ainda que activistas chineses foram enviados para campo de trabalho depois de terem participado em manifestações em Hong Kong. Na imagem de primeira página o líder norte coreano acompanhado pela mulher e o título “Mr and Mrs Kim”.

 

O China Daily escreve que o fundo soberano chinês foi atingindo também pela situação ecónomica global e regista os piores resultados desde 2008. O jornal oficial aborda ainda as cheias em Pequim. “A capital está pronta para enfrentar mais chuva”, escreve o diário, enquanto prosseguem os trabalhos de limpeza.

 

A primeira página do The Standard é preenchida com publicidade mas nas páginas interiores o jornal conta que a empresa de Link Real Estate Investment Trust se prepara para comprar prédios industriais e transformá-los em centros comerciais. Ontem várias pessoas manifestaram-se contra esta medida.