Em destaque

13 de Dezembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5148 patacas e 1.1755 dólares norte-americanos.

Macau recebeu menos turistas em Junho
Segunda, 23/07/2012

O número de visitantes contabilizados em Junho deste ano diminuiu 3,4 por cento quando comparando com o mesmo período de 2011, para 2106.696. São dados da Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), que revelam ainda que os visitantes que permanecem no território apenas um dia constituem 49,4 por cento do total. A média de permanência desceu 0,1 dia, nesta comparação anual, para um dia. Os turistas que pernoitam em Macau fazem-no, em média, durante 1,8 dias.

 

Quanto ao local de origem, verificou-se um aumento no número de visitantes da China Continental – 1,8 por cento – para 1220.846. A província de Guangdong é aquela de onde vêm mais turistas (588.987), seguida de Fujian (54.543) e de Zhejiang (47.718). Há mais visitantes a utilizarem o visto individual, com uma subida de 11,3 por cento para um total de 517.935 turistas.

 

A DSEC destaca o aumento de turistas provenientes do Japão – foram contabilizados mais 28 por cento. No entanto, registou-se uma tendência oposta nos visitantes que chegam de Hong Kong (558.878), Taiwan (87.025) e Coreia do Sul (29.792), com uma descida de 9,9 por cento, 22,1 por cento e 4,2 por cento, respectivamente. Os dados apontam ainda para mais turistas da Europa (16.492, o que equivale a um aumento de 0,2 por cento) e para uma diminuição daqueles que chegam das Américas (23.719) e Oceânia (9061).

 

No que diz respeito ao segundo trimestre de 2012, houve uma diminuição de 2,6 por cento quando comparando com o período homólogo do ano passado. Na primeira metade de 2012, as entradas de visitantes em Macau ultrapassaram os 13,577 milhões, mas a taxa de crescimento caiu 2,5 por cento em relação ao ano passado. Os turistas da China Continental (8111.212), da Coreia do Sul (214.785) e do Japão (206.133) aumentaram 8,5 por cento, 9,9 por cento e 14,8 por cento, respectivamente. Em sentido oposto, os visitantes de Hong Kong (3474.329) e de Taiwan (501.391) diminuíram 6,6 por cento e 16,5 por cento.