Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Governo investe nas escolas e incentiva voluntariado
Quarta, 18/07/2012

O Fundo de Desenvolvimento Educativo vai investir este ano um total de 550 milhões de patacas no Plano de Desenvolvimento das Escolas. O montante vai ser gasto principalmente na reconstrução de edifícios onde estão instalados estabelecimentos de ensino. A aposta nas novas tecnologias também está contemplada no investimento.

 

De acordo com a chefe do Departamento de Ensino dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ), este ano já foram apreciados mais de 700 projectos, com um valor total de 360 milhões de patacas.

 

Man Chi Chin disse no final da reunião plenária do Conselho de Educação para o Ensino Não Superior que o Fundo de Desenvolvimento Educativo atribuiu no ano passado 480 milhões de patacas ao Plano de Desenvolvimento das Escolas. O fundo apoiou também instituições e associações de educação contínua.

 

O voluntariado foi outro tema focado no encontro. A DSEJ quer incentivar os jovens a participarem neste tipo de actividades. O chefe da divisão de Ensino e Recursos Educativos anunciou o lançamento de um projecto-piloto com a participação de dez estabelecimentos do ensino primário e secundário.

 

Chan Iok Wai explicou que os alunos podem escolher livremente se participam ou não no serviço voluntário, mas o Governo quer incentivar as escolas a registarem os estudantes que aderem à iniciativa – um registo a ser feito nas fichas de classificação dos alunos no ano lectivo. A indicação é fundamentada com o facto de cada vez mais universidades do exterior darem valor ao currículo de voluntariado dos candidatos.

 

Das 42 escolas de ensino secundário do território, são várias as que promovem o serviço voluntário, quer nos próprios estabelecimentos de ensino, quer no exterior. São trabalhos como ajudar na limpeza das escolas, dar explicações aos alunos mais novos ou visitar lares da terceira idade.