Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Académico: Serviços Públicos devem ser os primeiros a mudar
Quarta, 27/06/2012

A base da Administração de Macau são os serviços públicos, que devem ser alvo de uma actualização constante. O conselho é de Chang Shih-Hsien, académico da Universidade Nacional de Taipé, que hoje está no território, como orador na conferência sobre aperfeiçoamento da Administração Pública.

 

Para uma adequação às “grandes e rápidas mudanças” no mundo, a Administração Pública deve olhar primeiro para os serviços que o constituem. “Os serviços públicos são o centro de tudo e, através deles, pode-se melhorar a Administração Pública. Desta forma, até se poderá minimizar os estragos causados pelo aquecimento global”, disse, à Rádio, o académico taiwanês, acrescentando que os desastres naturais e a poluição são alguns dos maiores desafios globais de hoje em dia.

 

“Assistimos a mudanças muito rápidas, que têm impacto no mundo e provocam instabilidade e incertezas. Esta é uma das razões porque temos desenvolver a nossa capacidade da Administração pública”, apontou Chang Shih-Hsien, sugerindo a promoção de capacidades dos serviços públicos para a sua “revitalização”.

 

O académico entende ainda que as opiniões das organizações civis também devem continuar a ser tidas em consideração. “Há muitas instituições boas que se coordenam com os serviços públicos para a promoção da capacidade da Administração Pública, são organizações que lidam com as terras, com as pessoas e que aconselham a Administração como agir”.

 

Macau deve ainda olhar para os funcionários públicos. Chang Shih-Hsien sugere o recrutamento de profissionais qualificados para os quadros e também a formação de uma “equipa forte e activa”, que tenha ideias para a cidade.