Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quarta-feira)
Quarta, 27/06/2012

A Ilha da Montanha, a droga e a especulação em torno de uma possível restrição aos vistos individuais da China, com impacto nas acções das concessionárias do jogo listadas na bolsa de Hong Kong, são alguns dos temas em destaque na imprensa local desta quarta-feira.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

A Ilha da Montanha está hoje em destaque no jornal Ou Mun. O diário dá conta de um parecer dos Serviços de Alfândega da China, que defende que os veículos com matrícula da RAEM devem ser autorizados a entrar e sair da Ilha da Montanha. São informações avançadas ontem, numa conferência de imprensa que decorreu em Zhuhai.

 

Já o Va Kio destaca o recado deixado ontem pelo chefe do Departamento de Prevenção e Tratamento da Toxicodependência. Hon Wai apela aos jovens e aos encarregados de educação para estarem atentos às novas tendências no consumo de drogas, de modo a evitarem cair em armadilhas. O chefe de departamento alerta ainda para o facto de algumas drogas estarem disfarçadas de produtos normais.

 

Ainda sobre estupefacientes, o jornal revela as estatísticas da Polícia Judiciária, que no ano passado desvendou 158 casos relacionados com droga. O Va Kio diz ainda que “toda a cidade” respondeu ao Dia Internacional do Combate à Droga.

 

Canal Chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi destaca esta manhã duas interpelações escritas. Chan Meng Kam espera actualização das condições de apoio de manutenção dos prédios. Já o deputado Ng Kuok Cheong volta a apelar à Administração que assuma o compromisso e reabra o processo de candidaturas à habitação pública.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Especulação sobre vistos faz ‘tremer’ universo do jogo”, conta o Jornal Tribuna de Macau, em manchete. O diário escreve que as eventuais restrições nas visitas individuais penalizam as acções das operadoras.

 

O JTM diz também que o “património de Macau ganha raízes em Malaca”, numa alusão à inauguração de uma galeria do território na cidade malaia, onde esteve ontem o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Cheong U.

 

Noutros títulos do JTM de hoje, “trabalhadores não residentes superam fasquia dos 100 mil” e “concurso para recrutar docente de ensino especial entrou na recta final”.

 

“Sinais de abrandamento” na manchete do Ponto Final. O diário cita o chefe do Departamento de Economia da Universidade de Macau, Kwan Fung, explicando que Maio e Junho foram “bastante negativos” e Macau pode estar a “enfrentar um período de arrefecimento económico”. Já David Fong, director do Centro de Estudos da Indústria do Jogo minimiza as informações, não confirmadas, sobre eventuais limitações na política de vistos e na utilização de cartões de débito da rede Union Pay.

 

Noutro destaque, pode ler-se “controlar as rendas”. Os Kai Fong querem a intervenção do Governo contra a escalada do preço das rendas e sugerem mesmo um limite legal para os aumentos. Há, no entanto, economistas que alertam para os perigos do condicionamento das leis do mercado e preferem ver aumentada a oferta da habitação.

 

O Hoje Macau lembra os leitores do jogo entre Portugal e Espanha, agendado para as 2h45, da noite de hoje para amanhã: “Todos por Portugal.” O diário considera que, “à medida que as exibições da equipa das quinas sobem de qualidade, cresce o entusiasmo dos adeptos, que também a Oriente nutrem especial carinho por Ronaldo e os seus companheiros”. O jornal refere ainda que “o embate com Espanha recorda uma rivalidade histórica de quase mil anos, pronta a conhecer novo capítulo sobre a relva”.

 

O Hoje Macau destaca também uma acusação à direcção do Instituto de Menores: “Bullying atinge professores.” O diário noticia que a direcção do instituto é acusada de pressionar os docentes a despedirem-se. Em causa estará, segundo o jornal, “um pedido, já de longos anos, para melhoria das condições de trabalho”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Macau Post Daily abre a edição de hoje com um caso de polícia, revelando que as autoridades detiveram um colombiano que transportava cocaína avaliada num milhão de dólares de Hong Kong. O suspeito levava na mochila mais de 920 gramas do estupefaciente, quando foi interceptado no Terminal Marítimo do Porto Exterior. A operação surgiu na sequência de uma pista da Interpol, que avisou recentemente a PJ sobre um gang de traficantes de droga que estava a contratar estrangeiros para contrabandear narcóticos para Macau.

 

Ainda na capa do Macau Post Daily, uma fotografia a ilustrar o encontro entre o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, e o presidente chileno, Sebastian Pinera, e uma outra sobre o destino da famosa tartaruga-gigante dos Galápagos: o animal, o último da sua subespécie, morreu no fim-de-semana e sabe-se agora que ser embalsamado e colocado em exposição.

 

O Business Daily aposta hoje na Macau Slot, para manchete: a empresa vai conservar o monopólio das lotarias instantâneas e das apostas no futebol e no basquetebol, pelo menos, até 2015. A confirmação foi dada ao jornal pela Direcção da Inspecção e Coordenação de Jogos.

 

O diário financeiro fala ainda de outros “slots” – em Macau, são vários os lugares de estacionamento para alugar mensalmente, por volta de 1200 patacas. A procura supera em muito a oferta e os lugares são alugados, geralmente, no espaço de uma semana.

 

Destaque ainda, no Business Daily, para os receios em torno de uma possível restrição aos vistos, por parte da China, e a limites de transações impostos pela Union Pay. São rumores que afectaram de forma negativa as acções dos casinos listados na Bolsa de Hong Kong.

 

Este é, aliás, o tema que dita a manchete do Macau Daily Times: “Acções dos casinos descem devido à especulação sobre restrições de vistos e limites nalguns cartões de crédito chineses.”

 

Noutra chamada de capa, o Macau Daily Times escreve que o cônsul britânico espera ver “a bandeira do Reino Unido a esvoaçar de forma mais generalizada em Macau”.

 

Destaque ainda para a interpelação de Pereira Coutinho, que “quer que o Governo clarifique a declaração que fez sobre o caso Leonel Alves”, e para uma análise sobre o “fabuloso Euro 2012”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

A poucos dias da tomada de posse do novo Chefe do Executivo de Hong Kong, o South China Morning Post dá hoje conta de uma reunião de alto nível de Xi Jinping com Donald Tsang e CY Leung. As fontes do jornal indicam que o encontro deve acontecer hoje e representa uma tentativa de assegurar uma transição tranquila, num cenário de polémicas.

 

Destaque também para as declarações do antigo Chefe do Executivo Tung Chee-hwa, que manifestou o seu apoio a CY Leung, considerando-o “o homem certo para o cargo”.

 

No China Daily, “proposta de lei tem vistos de trabalho na mira”. A proposta vai encurtar o período mínimo de licença de trabalho dada a um estrangeiro: de 180 dias para 90 dias.

 

Também em destaque no China Daily, “Wen Jiabao acordo comercial com a América do Sul”.

 

Já o The Standard conta em manchete uma história de traição: “Antiga amante pode manter os imóveis de presente.” É um caso que envolve um magnata conhecido como “Shoe King” e a amante que o traiu com outra pessoa.

 

O The Standard também fala num futuro encontro em Pequim, mas neste caso entre o presidente Hu Jintao e Donald Tsang e CY Leung.