Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Miguel Senna F: S.João devia estar no calendário de eventos
Sábado, 23/06/2012

A Festa de S. João prossegue amanhã, em S. Lázaro, depois de um primeiro dia bastante animado. O convívio resistiu mesmo à habitual ameaça da chuva.

 

Miguel Senna Fernandes, presidente da Associação dos Macaenses, destaca o carácter popular da festa de S. João e volta a defender a inclusão do arraial no calendário de eventos de Macau. “Esta festa está a ter uma crescente adesão das pessoas, o que prova que tem todas as condições para figurar no calendário dos eventos da cidade. Oxalá haja sensibilidade suficiente das autoridades. Quando querem mostrar Macau, não é só a Lusofonia que demonstra a multiculturalidade, o São João é importantíssimo, justamente por ser uma festa de tradição secular. E isto ainda ganha maior sentido, sobretudo, porque é a própria sociedade civil que o organiza”.

 

Em declarações à Rádio, Miguel Senna Fernandes sublinhou ainda o facto da Festa de S. João, com seis anos, ter na organização apenas associações de matriz portuguesa, sendo este um ponto de diferença com o Festival da Lusofonia  - “uma iniciativa sempre de aplaudir”. Além da Associação dos Macaenses, fazem parte da organização, da Festa de S. João, a Casa de Portugal, a Escola Portuguesa, a Associação  Promotora da Instrução dos Macaenses, entre outras instituições.