Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Presidente da Air Macau não comenta relatório da PATA
Quarta, 20/06/2012

O presidente da Air Macau, Zheng Yan, não comenta o relatório da PATA - Associação de Turismo da Ásia Pacífico - que veio defender a necessidade de aumentar o número de ligações ao território. Zheng Yan esteve hoje na cerimónia de formação de 65 hospedeiras e comissários de bordo, que pela primeira vez inclui quadros estrangeiros. Entre os formandos contavam-se  14 japonesas e cinco coreanas.

 

O presidente da Air Macau, em declarações aos jornalistas, reafirmou que a empresa está em processo de reestruturação e prevê que em Setembro seja possível avançar com o anunciado aumento de salários.

 

Quanto à situação financeira na primeira metade do ano, o presidente da Air Macau refere que os resultados têm sido todos positivos e a companhia continua a gerar lucros de acordo com o previsto no orçamento para 2012. “Penso que conseguimos atingir o nosso alvo, de 50 por cento do objectivo orçamentado para este ano”, afirmou Zheng Yan, adiantando adianta que no final deste mês vão ser revelados os números.

 

Quanto a rotas, o responsável apenas reafirma a abertura em Setembro da ligação a ChangSha, embora hajam outras em estudo.