Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

PATA sugere plano director a 10 anos para sector turístico
Terça, 19/06/2012

Apesar de sublinhar que o turismo de Macau já conseguiu “alcançar aspectos brilhantes”, Andrew Drysdale, presidente do grupo de trabalho que fez o último relatório da Associação de Turismo da Ásia Pacífico (PATA) para Macau, destaca as propostas mais importantes para o desenvolvimento do sector. 

 

Para que Macau se torne no tão desejado Centro Mundial de Turismo e Lazer, primeiro, é necessária a elaboração de um Plano Director a 10 anos ou mais. O relatório da PATA aponta que este plano tem de ter em conta, entre outros aspectos, “o reforço da divulgação de Macau como destino turístico, abordagens alternativas, a adaptação ao inesperado e a manutenção da singularidade”.

 

A singularidade que, como destacou Andrew Drysdale, Macau tem, sobretudo, por ser um ponto de encontro entre o oriente e o ocidente. Uma história cultural que pode ser melhor aproveitada para o turismo. Por exemplo, a PATA sugere uma nova estratégia para Macau, assente no mote: “um destino, duas culturas, cinco estrelas”. As estrelas referem-se à qualidade dos produtos turísticos, em especial de cinco: o jogo, o turismo de lazer, a história e património, as exposições e convenções e os transportes. Mas, ao mesmo tempo, as cinco estrelas também representam o território como um destino turístico de classe mundial.

 

Por outro lado, o relatório sugere ainda a criação de uma “equipa forte” na área do turismo, com a importação de novos talentos e acções de formação para os residentes. A par disto, é salientado que o Governo deve assumir “o papel principal” na promoção de um turismo ecológico e de baixo carbono.

 

Este é o sexto relatório sobre turismo que a PATA elabora para Macau. Desta vez, a associação aconselha o Governo a elaborar planos para o turismo por fases. Antes do Plano Director, o turismo deve fazer outros dois, a curto e a médio prazo.