Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Caso Pelé: Associação de Futebol diz que seguiu as regras
Terça, 19/06/2012

A Associação de Futebol garante que o castigo aplicado ao treinador da Casa de Portugal vai ao encontro do que foi feito no passado para este tipo de situações. Em Maio último, Pelé foi irradiado, depois de ter alegadamente agredido um árbitro. O técnico argumenta, por um lado, que a associação não tem o direito de se envolver num caso que aconteceu fora de instalações desportivas e, por outro, garante que o castigo foi decidido sem que tivesse sido ouvido.

 

Em declarações à Rádio Macau, o secretário-geral da Associação de Futebol prefere não tecer grandes comentários sobre o sucedido, sublinhando que está a decorrer um processo judicial. Mas Benjamin Chio Kam Vai ressalva que a associação agiu de acordo com os estatutos e as indicações da FIFA para casos deste género. O dirigente acrescenta ainda que são bem-vindas opiniões sobre eventuais alterações aos estatutos da associação local, de modo a que possam ser melhorados.

 

Quanto à alegada agressão de Pelé ao árbitro, o caso está a ser seguido pelas autoridades policiais – no mês passado, o técnico confirmou ter sido ouvido na esquadra. O treinador admitia a possibilidade de avançar com um processo judicial e garantia que iria recorrer da decisão tomada pela Associação de Futebol de Macau.