Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

China quer astronautas de Macau e Hong Kong
Sábado, 16/06/2012

 

Na véspera do lançamento, hoje, da primeira astronauta chinesa para o espaço, a porta-voz do programa espacial chinês mostrou-se convicta de que um dia haverá astronautas de Macau e de Hong Kong a bordo das naves Shenzhou.

 

De acordo com Wu Ping, para as futuras missões tripuladas do programa espacial chinês, além de astronautas, serão necessários também engenheiros aeronáuticos e outros especialistas. Nesse sentido, a porta-voz, na antevisão do lançamento de hoje, adiantou que o programa espacial também está aberto à participação de cientistas de Macau e de Hong Kong para trabalharem no desenvolvimento de uma estação espacial permanente (projecto que as autoridades chinesas querem concluir até 2020) e no laboratório Tiangong-1, que se encontra na órbita da Terra desde setembro.

 

Hoje, quando forem 18h37, a China lança para o espaço a nave Shenzhou-9. A bordo vai estar a primeira astronauta chinesa, Liu Yang, uma piloto da força aérea de 34 anos, que integra a missão com o objectivo de acoplar ao laboratório espacial "Tiangong-1".

 

Será a primeira missão chinesa tripulada do género, proporcionando à China o domínio de uma tecnologia que até agora apenas os Estados Unidos e a Rússia possuíam.