Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Governo encomenda inquérito à MUST sobre Edifício do Lago
Quinta, 07/06/2012

O Governo encomendou à Universidade de Ciência e Tecnologia (MUST) um inquérito junto das famílias que vão ocupar o Edifício do Lago, de habitação económica, na Taipa. O inquérito, que teve como principal conclusão que a maioria dos entrevistados irá utilizar os autocarros como transporte preferencial, custou 310 mil patacas aos cofres da Administração.

 

Para este inquérito, o Instituto de Estudo de Sustentabilidade da Universidade de Ciência e Tecnologia entrevistou 2187 famílias, o que abrange um total de 80,9 por cento das fracções do Edifício do Lago. Além da conclusão de que 59 por cento vão usar os autocarros públicos como principal meio de transporte, o inquérito apurou ainda que 40 por cento pensam comprar carro nos próximos dois anos.

 

Edison Sio, chefe da Divisão de Planeamento de Tráfego da Direcção de Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT), justifica a escolha da universidade de ciência e tecnologia com a “experiência” da instituição. “Para além da lei que temos de seguir, também temos de ver qual o tema do inquérito e encontrar uma entidade experiente para o realizar. Neste caso, escolhemos esta universidade”.

 

A DSAT alega também que, com base nas conclusões do inquérito, pôde delinear medidas para optimizar o sistema de transporte na zona. Estes serviços vão criar ali um terminal de correspondência de autocarros, ajustar os percursos de 10 carreiras e criar mesmo uma nova que ligará o Edifício do Lago directamente à rotunda Ferreira do Amaral. A par disto, irá ser criada uma carreira piloto de um autocarro eléctrico para ligar o edifício à Vila da Taipa e à zona do Istmo Taipa-Coloane.

 

A maioria destas medidas de trânsito já tinha sido anunciada, há mais de um mês, pelo secretário para os Transportes e Obras Públicas e pelo próprio director da DSAT, durante uma visita às imediações do Edifício do Lago.