Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

CCAC: clínica envolvida em caso de burla para obter subsídio
Terça, 05/06/2012

Um responsável de uma clínica e um médico são suspeitos de burla relativa a subsídios médicos atribuídos pelo Governo da RAEM. De acordo com um comunicado do Comissariado contra a Corrupção (CCAC), ambos terão prestado informações falsas para obter, por meios fraudulentos, subsídios médicos do Governo da RAEM, tendo sido o caso encaminhado para o Ministério Público.

 

O CCAC acrescenta ainda que vai prosseguir nas investigações para saber se terão sido praticados crimes de corrupção activa ou corrupção passiva. Será averiguado ainda se houve irregularidades como negligência por parte do pessoal do serviço responsável pela concessão do financiamento, no exercício das suas funções.

 

Sobre este caso, os Serviços de Saúde, em comunicado, afirmam que adoptaram as medidas provisórias a fim de suspenderem a atribuição de subsídios a esta clínica e salientam que dispõem de um mecanismo de vigilância quanto à atribuição de subsídios médicos. Contudo, acrescentam, vão proceder à sua revisão, por forma a prevenir a ocorrência de casos similares.