Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

CCAC revela novo abuso de poder no Instituto Cultural
Quinta, 07/06/2012

O Comissariado Contra a Corrupção (CCAC) continua a investigar um caso suspeito de abuso de poder por parte de uma chefia do Instituto Cultural.

 

De acordo com o organismo de investigação, o caso envolve a aquisição de serviços e contratos de arrendamento, suspeitas descobertas depois de uma primeira investigação.

 

Em comunicado, o CCAC afirma que “o suspeito se encontra envolvido num caso de aquisição de serviços e dois casos de contrato de arrendamento, sendo assim suspeito da prática de abuso de poder”. O mesmo suspeito terá ainda praticado o crime de riqueza injustificada previsto no artigo 28.º da Lei da Declaração de Rendimentos e Interesses Patrimoniais, e o crime de falsidade de declaração previsto no artigo 323.º do Código Penal.

 

Nestas últimas investigações, continua o organismo, foi ainda detectado que “um técnico superior do Instituto Cultural terá praticado um crime de violação de segredo.”

 

O CCAC afirma ter comunicado o caso ao Instituto Cultural, solicitando a instauração do respectivo processo disciplinar contra os trabalhadores envolvidos de acordo com os procedimentos legais.