Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Visitas às fracções modelo do Koi Nga a partir de amanhã
Segunda, 04/06/2012

A partir de amanhã os agregados familiares na lista de espera podem visitar as fracções modelo do Edifício Koi Nga, de habitação económica, que faz parte da construção de habitação pública em Seac Pai Van. Mais tarde, a partir do dia 12 de Junho, os agregados familiares na lista de espera para a habitação económica podem começar a deslocar-se ao Instituto de Habitação (IH) para a selecção do apartamento.

 

O agregado familiar com mais pessoas terá de caber num apartamento de tipologia três (T3), porque é este o modelo mais espaçoso que o Edifício Koi Nga disponibiliza, ainda assim, com uma área útil de apenas cerca de 56 metros quadrados. Como termo de comparação, a suite mais pequena do Wynn, com dois quartos, tem 186 metros quadrados.

 

Um apartamento T3 tem apenas uma casa de banho, - só com um polibã, uma sanita e um lavatório – e o seu tamanho é igual ao das casas de banho dos apartamentos de tipologia dois (T2) e tipologia um (T1). O mesmo se passa com a cozinha, onde só cabem duas banquinhas unidas, uma para um fogão de duas bocas, ao estilo chinês, e outra para a torneira do lava-loiça. O chão é todo de azulejo.

 

Um apartamento T3, com estas características, em Seac Pai Van vai custar perto de um milhão de patacas, mais exactamente 942.600 patacas.

 

A área útil diminui no apartamento T2 e depois no T1. Uma fracção com dois quartos tem pouco mais de 45 metros quadrados e custa quase 745 mil patacas. Já um apartamento com um quarto nem chega aos 32 metros quadrados e para o poder comprar, um agregado tem de desembolsar mais de 500 mil patacas.

 

Na sala, o espaço é facilmente ocupado com um móvel para a televisão e um sofá pequeno e os quartos parecem apertados para uma cama de casal. Na varanda, com dificuldade, caberá um estendal.