Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Lau Si Io recusa falar sobre terrenos em frente ao aeroporto
Sexta, 18/05/2012

Enquanto Ao Man Long estiver a ser julgado, o Governo não se pronuncia sobre os terrenos que estão em causa no processo do ex-secretário. Esta tarde, na Assembleia Legislativa, o deputado Paul Chan Wai Chi quis saber como está a situação dos terrenos concedidos de forma ilegal por Ao Man Long, sobretudo, das cinco parcelas situadas em frente ao aeroporto.

 

No entanto, o secretário para as Obras Públicas e Transportes, Lau Si Io, alega que como Ao Man Long ainda está a ser julgado, o Governo não pode adiantar, por agora, qualquer informação sobre os terrenos junto ao aeroporto. “Neste momento, em relação ao caso, o que posso adiantar é que só quando a sentença for proferida poderemos então divulgar todos os dados e informações, sobretudo os factos, para um melhor conhecimento entre os procedimentos administrativos e os procedimentos judiciais”, disse, afirmando ainda que, entretanto, foi “concluído o processo de análise dos 16 terrenos” relacionados com os processos de Ao Man Long já julgados.

 

Sobre a análise dos terrenos desaproveitados respondeu também o director das Obras Públicas. Jaime Carion coloca a hipótese dos dois terrenos situados na Baia Sul e Norte do Fai Chi Kei virem a ser recuperados pela Administração, caso não se chegue a um acordo com o empresário. “Se não aceitar o termo de compromisso não afastamos a hipótese de reaver o terreno, mas, provavelmente, o empresário vai recorrer da decisão nos tribunais”.

 

Estes terrenos que fazem parte de um conjunto de 48 terrenos ainda desaproveitados, que o Governo pretende, de acordo com o secretário Lau Si Io, acabar de analisar juridicamente “até ao final do ano”.