Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Jazz Club de Macau vai amanhã a votos
Sexta, 18/05/2012

O Jazz Club de Macau (JCM), que esteve alguns anos sem actividade, vai amanhã a votos. Para já, há apenas uma lista candidata, encabeçada por José Luís Sales Marques. Do grupo candidato fazem ainda parte Miguel Campina (assembleia geral) e Miguel Senna Fernandes (conselho fiscal).

 

"Por um lado, esperava-se que houvesse mais participação de todos e que aparecessem mais listas para troca de ideias, e se pudesse fomentar de uma maneira diferente o clube de jazz”, observa Manuel Almeida, membro da comissão de gestão do JCM. Porém, acrescenta, “aparecendo uma lista – e sendo uma lista de consenso –, penso que vai ao encontro das expectativas de todos aqueles que são membros do clube".

 

Durante o período de preparação da revitalização do clube, a comissão conseguiu a inscrição de 180 sócios. Manuel Almeida defende que, depois das eleições, uma das prioridades dos novos corpos sociais será dilatar o universo de associados.

 

As eleições decorrem entre as 16h e as 18h, no auditório da Casa Garden. A ocasião vai servir para homenagear o pianista e compositor Bernardo Sassetti, com a projecção de duas gravações: o trabalho recente do músico com o fadista Carlos do Carmo e o projecto Três Pianos, com Pedro Burmester e Mário Laginha, um concerto que passou por Macau em 2009.

 

Com a morte de Bernardo Sassetti, comenta Manuel Almeida, perdeu-se mais do que uma figura do jazz: "Perdeu-se um grande criador moderno em Portugal". O compositor e pianista morreu no passado dia 10, vítima de uma queda de uma falésia no Guincho. Tinha 41 anos.