Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

DSI: política de fixação de cidadãos da China não vai mudar
Terça, 15/05/2012

A Associação de Reunião de Famílias esteve hoje reunida com a Direcção dos Serviços de Identificação (DSI). Em causa ainda a reunificação com os filhos maiores que residem no Interior da China.

 

A DSI reiterou que não houve alterações na política para fixação em Macau de cidadãos do interior da China e não vai haver.

 

Os serviços lembram que à luz da lei só podiam ter sido aceites pedidos relativos a filhos menores de 14 anos. Em comunicado, os serviços de identificação dizem que este foi já um esclarecimento prestado à associação em várias reuniões com o Governo. Os serviços recordam que os filhos que já tinham completado 14 anos, quando o pai ou a mãe adquiriu o bilhete de identidade, não reuniam condições para a fixação de residência em Macau.

 

Uma posição que não é aceite pela associação, que considera ainda que a vinda dos filhos do Interior da China poderá resolver a falta de recursos humanos.