Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Habitação: Preços subiram 10 por cento em Abril
Segunda, 30/04/2012

Comprar casa em Macau é cada vez mais caro: nos primeiros 15 dias de Abril, os preços subiram dez por cento, em relação ao ano passado. Os números são do Macau Business Daily, que se baseia em dados das agências do sector imobiliário.

 

Em Março, o preço das casas tinha subido mais de 14 por cento, para uma média de 53.011 patacas por metro quadrado. Em Coloane, o metro quadrado chegou mesmo às 74.634 patacas.

 

Março foi ainda um mês positivo no volume de transacções, que quase triplicaram em relação a Fevereiro. Foram vendidas mais de 1200 fracções. O fenómeno não é surpreendente: os Serviços de Finanças explicam que, por norma, Março é o mês do primeiro trimestre em que o mercado está mais activo, uma vez que são investidos os lucros acumulados desde o início do ano.

 

Em declarações ao jornal Ou Mun, Chong Sio Kin, o presidente da Associação Geral do Mercado Imobiliário de Macau, assegura que os preços continuaram a subir nos primeiros 15 dias do mês que hoje termina. Chong Sio Kin faz já previsões para Maio: espera um aumento de cinco por cento no valor das casas, atendendo a que devem ser colocados à venda, em meados de Maio, novos apartamentos de luxo na Taipa.

 

O presidente da associação diz ainda que a influência das alterações ao imposto de selo está a deixar de se sentir – o mercado já está habituado à medida avançada pelo Governo para controlar a especulação, assegura. Chong Sio Kin refere também que, hoje em dia, a maior parte das pessoas compra casas para viver nelas e não para especulação. Para a vitalidade do sector contribuem ainda a baixa taxa de desemprego e os aumentos nos salários.