Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Direito de Macau “está em perigo”, diz Rui Cunha
Quarta, 25/04/2012

O direito de Macau está em perigo, alertou hoje o advogado Rui Cunha, na apresentação da fundação que vai ser criada formalmente no próximo sábado, como adiantou ontem a Rádio Macau. “Pressinto que o direito de Macau está em perigo. Está em risco de sofrer uma erosão derivada do afluxo que Macau teve e que contribuiu para o seu desenvolvimento, mas que também vai contribuir para a modificação do que Macau era e do que Macau tem de substancial”, afirmou.

 

O advogado salientou a importância de um “direito forte e estável”, sublinhando que “os cidadãos que vivem cá e os que vêm de fora têm de ter confiança e a segurança de que lidam com um Estado de direito, que lhes assegura os seus próprios direitos, que assegura uma sociedade estável, uma sociedade que dê garantias de bem-estar”.

 

A Fundação Rui Cunha vai ter um centro de reflexão, estudo e difusão do direito em Macau. O advogado considera fundamental que haja no território mais estudo e difusão das matérias relacionadas com esta área do conhecimento. O centro contará com uma biblioteca jurídica e promete-se privilegiar a cooperação com os departamentos jurídicos e educacionais dos vários departamentos da RAEM, com a Associação dos Advogados de Macau, universidades e instituições científicas.