Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Burla: PJ em silêncio sobre paradeiro de Isabel Chiang
Quinta, 24/01/2019
Subiu para 52 o número de queixas relacionadas com o caso de burla que alegadamente envolve a proprietária do Grupo Imobiliário Fomento Kou Fu, Isabel Chiang. A actualização do número de queixas foi feita pelo director da Polícia Judiciária (PJ) no encontro anual de Ano Novo Lunar. Sit Chong Meng escusou-se, no entanto, a responder se as autoridades têm conhecimento do paradeiro da alegada suspeita, que de acordo com a imprensa local terá abandonado o território.

“O caso está em fase de investigação. Temos de manter o sigilo”, disse Sit Chong Meng, observando apenas que as autoridades podem recorrer “à Interpol quando os suspeitos fogem”.

O director da Polícia Judiciária adiantou que as autoridades reforçaram as campanhas de sensibilização contra as burlas e pediu mais cuidado aos residentes quando fazem investimentos, aconselhando a verificar se o empresário actua dentro da legalidade.

De acordo com informações da Polícia Judiciária disponibilizadas esta terça-feira o montante total envolvido chega aos 227 milhões de dólares de Hong Kong.
Este caso está relacionado com o investimento em projectos imobiliários, incluindo várias lojas da Rua dos Ervanários.

As burlas - excluindo as praticadas nos casinos e burlas informáticas - passaram de 448 para 519 no ano passado.

Já os casos de burla telefónica diminuíram 12 por cento, para um total de 128 processos. “Isto deve-se principalmente à redução acentuada de metade das burlas de ‘falso funcionário dos órgãos governamentais'”, afirmou.

Fátima Valente