Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Governo tratou quase 14 mil infiltrações em casas desde 2009
Quinta, 17/01/2019
O Governo fez um levantamento dos casos de infiltrações de água nos edifícios desde o ano de 2009, mas de acordo com o presidente da Comissão de Acompanhamento para os Assuntos da Administração Pública, Si Ka Lon, os números são “confusos”.

“O número de casos resolvidos são 13.859, de um total de 18.240. Os casos tratados pelas próprias pessoas são 687. Após coordenação entre os queixosos e o Instituto de Habitação, mas em que os proprietários não cumpriram o dever de reparar, registaram-se 2.574 casos. Há 1.120 casos pendentes. Temos dúvidas sobre se estes casos explicam bem a realidade, porque o Governo não esclareceu quantos são habitação pública e habitação privada, entre outros dados pouco explícitos”, disse Si Ka Lon.

Em causa estão também 137 casos em que os proprietários não deixaram os responsáveis entrar em casa para resolver o problema. A comissão quer saber porque é que o Governo considera os casos em que deixou de receber resposta dos proprietários a meio do processo como estando resolvidos. “O Executivo prometeu voltar e explicar melhor estas questões”, acrescentou o presidente da comissão.

Houve mais duas reuniões esta quinta-feira. A comissão que estuda a lei dos táxis já tem o texto do parecer pronto, mas só o vai assinar quando chegar a versão final da proposta de lei do Governo.

Assinado está já o parecer da comissão responsável pelo regime de benefícios fiscais para a reconstrução de edifícios. O presidente da comissão, Chan Chak Mo, quer que o parecer seja submetido à Assembleia Legislativa ainda antes do Ano Novo Chinês.

João Picanço