Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Bispo de Macau desvoloriza sucessão em Hong Kong
Quarta, 09/01/2019
O bispo de Macau, Stephen Lee, diz que o importante “é a vontade divina”, em reposta à indicação do bispo John Tong para administrar a diocese de Hong Kong, após a morte do bispo Michael Yeung.

“Bom, para nós é igual quem é o bispo, porque temos fé. Acreditamos que é através da nomeação do Santo Padre. Acreditamos sempre que é a vontade divina. Esperamos pela designação da Santa Fé”, afirmou.

Stephen Lee falava aos jornalistas à margem da cerimónia da entrega das medalhas de mérito pelo Governo. O Bispo de Macau recebeu a “medalha de mérito altruístico”.

John Tong foi chamado a ocupar o cargo que já tinha desempenhado e depois de estar na reforma. A nomeação pelo Vaticano está a causar surpresa entre os católicos, isto porque o clero local não chegou a pronunciar-se e esperava que à cabeça da diocese subisse o actual bispo adjunto Joseph Ha.

O nome do bispo de Macau chegou a ser apontado pelo jornal South China Morning como um dos possíveis substitutos de Michael Yeung. Stephen Lee mostrou-se surpreendido e não comentou.

O bispo de Macau também desvalorizou as notícias de que este Natal as Autoridades Chinesas retiraram os símbolos da quadra dos espaços públicos em várias localidades.

“Claro que me preocupo quando ouço as notícias sobre isso, mas não sei. Às vezes o que sai nos média não é fácil distinguir se é verdade ou se há razões por detrás. Espero primeiro reunir mais informações para depois poder dizer mais coisas”, afirmou.

Fátima Valente