Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Secretário elogia “coragem” do agente que deu tiro de aviso
Segunda, 07/01/2019
O secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, elogiou hoje a actuação do agente do Corpo de Polícia de Segurança Pública que, na semana passada, mandou um tiro de aviso para o ar em resposta a três homens que resistiram, de forma violenta, à ordem de proibição de fumar na entrada do hotel Galaxy.

“O agente envidou muitos esforços e teve muita coragem. (...) A situação era muito urgente. Por isso, é aceitável utilizar uma arma. Mas é necessário fazer uma investigação” para averiguar a conduta do polícia, diz Wong Sio Chak.

O secretário sublinha que o polícia estava sozinho. Ao contrário do que afirmou à TDM – Rádio Macau um porta-voz do CPSP, não havia agentes do trânsito no local – eram seguranças do casino.

Foi convocada uma reunião esta tarde entre a polícia, a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos e a Direcção dos Serviços dos Assuntos de Justiça para rever o caso.

Wong Sio Chak reconhece que houve falhas no apoio ao polícia, que não conseguiu chamar reforços ao local, antes de disparar o tiro de aviso. O secretário responsabiliza as autoridades, mas também a equipa de segurança do Galaxy: “O trabalho de aplicação da lei dentro dos casinos também compete à Polícia Judiciária. Estamos a discutir o caso. O pessoal de segurança do casino também tem de ajudar à manutenção da ordem”.

Uma das propostas em cima da mesa, avançada pelo secretário, é os polícias voltarem a estar equipados com latas de gás pimenta, como acontecia “há sete ou oito anos”,indicou Wong.

Sónia Nunes