Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Lesados do Pearl Horizon juntam algumas centenas em protesto
Quinta, 20/12/2018
O grupo de lesados do Pearl Horizon voltou esta tarde a protestar no dia em que se assinalam os 19 anos da Região Administrativa Especial. Foram o único grupo a sair à rua no Dia da RAEM.

Os organizadores estimaram uma participação de 300 a 400 pessoas. Já a polícia fixou em 200 o número de participantes no pico mais alto da manifestação. São dados publicados pelo canal chinês da Rádio Macau.

O grupo de lesados do Pearl Horizon tem vindo ao longo dos últimos anos a exigir ao Governo uma solução para os promitentes-compradores que adquiriram fracções no empreendimento na Areia Preta que não chegou a ser construído porque o terreno foi revertido para o Governo.

Em Outubro, o grupo liderado por Kou Meng Pok disse aceitar, mas com algumas condições, o plano de habitação para troca definido pelo Executivo para dar resposta aos que fiquem sem casa, de forma temporária ou definitiva – por conta da renovação urbana e que também contempla o caso do Pearl Horizon.

Uma das condições era a dos compradores lesados poderem adquirir mais do que uma fracção, o que não vai ser permitido por lei.

A proposta de lei já foi aprovada na generalidade e está em discussão na especialidade na Assembleia Legislativa.

Fátima Valente