Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Ambrose So garante que SJM pediu licenças para salas de fumo
Quinta, 20/12/2018
O administrador da Sociedade de Jogos de Macau (SJM) diz que a operadora formalizou pelo menos 10 pedidos de licenças para novas salas de fumo, contrariando a informação antes veiculada pelos Serviços de Saúde.

Faltam menos de duas semanas para a entrada em vigor, a 1 de Janeiro, das novas regras para o fumo nas salas de jogo. As operadoras tinham até 28 de Setembro para pedirem as licenças aos serviços de Saúde.

“Nós fizemos. Há certos procedimentos que eles [Serviços de Saúde] têm de fazer. Temos estado a submeter os pedidos. Há cerca de uma centena de salas de fumadores que estão a ser instaladas. (...) Não sei porque dizem isso [de não termos feito nenhum pedido]. Os meus colegas disseram-me que há 10 ou 11 pedidos já submetidos [para salas de fumo], e que eles estão a verificar”, afirmou Ambrose So, à margem da cerimónia do 19.º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau.

De acordo com o portal GGRASIA, até 7 de Dezembro, o Governo não tinha recebido qualquer pedido da SJM para salas de fumo.

Até meados de Dezembro foram aprovadas 266 salas de fumo para 18 casinos. Outros 18 empreendimentos de jogo nunca fizeram qualquer pedido para terem salas para fumadores nas instalações, segundo o canal em chinês da Rádio Macau.

Os Serviços de Saúde têm vindo a referir que os casinos que não submeteram os pedidos até 28 de Setembro podem não ter as salas aprovadas a tempo da entrada em vigor dos novos requisitos. A não aprovação das salas de fumo abre a possibilidade de haver casinos sem zonas de fumadores a partir de 1 de Janeiro.

Ambrose So desvalorizou o impacto que a medida possa vir a ter nos casinos da SJM. “Se não estiver a tempo de 1 Janeiro, então não está a tempo. Vamos tentar que pelo menos algumas salas passem a inspecção”, afirmou.

Fátima Valente