Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Pequim apresenta plano da Grande Baía no início do ano
Segunda, 17/12/2018
O plano de desenvolvimento da “Grande Baía Guangdong – Hong Kong – Macau” deve ser revelado no início do próximo ano. A data foi avançada pela Chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, antes da deslocação a Pequim, para um encontro com o presidente da República Popular da China, Xi Jinping, e o primeiro-ministro Li Keqiang.

O Chefe do Executivo, Chui Sai On, participa também numa missão equivalente, para apresentar o relatório de trabalho anual.

Há três anos que os governos de Macau e Hong Kong estão à espera que Pequim aprove e divulgue os planos para a Grande Baía – a ideia é cada uma das nove cidades do Delta receba orientações mais claras sobre o papel a desempenhar e o tipo de cooperações a estabelecer.

Ainda na apresentação das Linhas de Acção Governativa para o próximo ano, Chui Sai On disse que Macau já tinha apresentado sugestões e que plano oficial seria divulgado em breve.

No mês passado, a Comissão de Reforma e Desenvolvimento Nacional da China disse também que estava a elaborar um projecto específico de infra-estruturas na Grande Baia – o plano inclui a construção de um corredor a ligar Guangzhou, Shenzhen, Hong Kong e Macau, facilitando a circulação de bens e pessoas, na região.

Dentro da Grande Baía, é esperado que Macau reforce papel como “Centro Mundial de Turismo e Lazer”, dando prioridade à transformação da cidade num centro de educação e de formação turística. A Macau, foi também atribuída a missão de facilitar a cooperação entre das cidades do Delta Rio das Pérolas e os países de língua portuguesa.

Sónia Nunes