Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Protecção de Dados lança inquérito sobre redes sociais
Quinta, 28/04/2011
Arranca amanhã, 29 de Abril, em Macau, um inquérito online sobre redes sociais e privacidade. A iniciativa é do Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais e insere-se na Semana da Privacidade, que se realiza todos os anos em vários países e regiões da Ásia Pacífico.

“Este ano, as Autoridades de Privacidade na região Ásia Pacífico decidiram organizar uma actividade para saber mais sobre as práticas ds utilizadores das redes sociais na internet: conhecer o padrão de comportamentos, o grau de conhecimento sobre a protecção de dados pessoais. Depois de recolhida a informação, as autoridades podem planear actividades para promover a protecção de dados pessoais”, explicou à Rádio Macau Yang Chong Wei, coordenador adjunto do Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais.

O inquérito vai decorrer simultaneamente em Macau, Hong Kong, Austrália, Nova Zelândia, Coreia, Canadá e México. Os resultados vão ser depois comparados.

No que toca à RAEM, Yang Chong Wei considera que, a avaliar pelos resultados de alguns inquéritos, a maioria dos utilizadores das redes sociais está consciente da questão da privacidade e muitos optam por não partilhar toda a informação com toda a gente. Mas há também quem ainda não esteja a par dos riscos.

“Há também casos de pessoas que não dão a devida importância aos seus dados pessoais. Algumas partilham demasiada informação e isto é de alguma forma arriscado. Mesmo em Macau há casos destes, de pessoas que não estão conscientes deste tipo de riscos. Há também quem não tenha respeito suficiente pelos outros e revele dados pessoais de terceiros nas redes sociais que frequentam.”

O inquérito estará até 29 de Maio na página oficial do Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais. Yang Chong Wei disse à Rádio esperar que os resultados finais possam ser conhecidos até final de Junho.