Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Macau homenageia vítimas do Massacre de Nanjing
Quinta, 13/12/2018
O Governo de Macau realizou hoje uma cerimónia de homenagem às vítimas do Massacre de Nanjing.

O tributo foi realizado na Escola Superior das Forças de Segurança, em Coloane, e, de acordo com a Ou Mun Tin Toi, participaram cerca de três centenas de pessoas.

Sem a presença de Chui Sai On, de visita oficial a Changzhou, foi a Chefe do Executivo interina Sónia Chan que pontificou.

Segundo a emissora, participaram ainda o vice-director do Gabinete de Ligação do Governo Central, Zhang Rongshun, a Comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Macau, Shen Beili, e o comissário político da Guarnição em Macau do Exército de Libertação do Povo Chinês, Zhou Wugang.

De acordo com a China, cerca de 300 mil civis e soldados foram mortos no dia 13 de Dezembro de 1937 às mãos do exército invasor japonês, num episódio que ficaria para a história conhecido como o Massacre de Nanjing.

Na antiga capital realizou-se hoje uma cerimónia que contou com a presença de Wang Chen, vice-presidente do comité permanente da Assembleia Popular Nacional.

Wang afirmou que o massacre é uma memória negra que o mundo nunca poderá apagar.

Hugo Pinto