Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Aberto concurso para concepção e construção da quarta ponte
Quarta, 05/12/2018
Está aberto o concurso público para a empreitada de concepção e construção da quarta ponte marítima entre Macau e a Taipa. O anúncio do concurso, na modalidade de “concurso limitado por prévia qualificação”, foi publicado hoje em Boletim Oficial.

À TDM – Rádio Macau, o Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas (GDI) explicou que esta primeira fase do concurso diz respeito à qualificação das candidaturas. Vão ser seleccionados sete concorrentes, que entrarão depois na segunda fase do concurso – a de elaboração de propostas.

Nesta primeira fase, as candidaturas devem ser entregues até 27 de Fevereiro.

De acordo com o anúncio publicado esta quarta-feira em Boletim Oficial, o prazo de execução da concepção e construção da empreitada é de 1140 dias, ou seja, cerca de três anos.

A ponte vai nascer no lado leste da Ponte da Amizade. A nova infra-estrututra vai ligar o lado oriental da Zona “A” dos novos aterros e a ilha artificial da nova ponte Hong Kong – Zhuhai – Macau à zona “E1” dos novos aterros, junto ao Pac On, na Taipa. Está previsto ainda um viaduto para ligação ao túnel da Colina da Taipa Grande.

Ainda segundo as informações já disponibilizadas pelo GDI, na sua página oficial da Internet, a parte principal da ponte terá 3,1 quilómetros de comprimento. A estrada principal contará com oito faixas de rodagem – quatro em cada sentido –, ficando as duas faixas centrais reservadas às motas.

Os trabalhos relativos a uma série de estudos sobre a quarta ponte tiveram início em 2016 e foram submetidos à aprovação do Governo Central no final desse ano. Pequim chegou a rejeitar no ano passado uma proposta da Administração de Macau sobre a nova travessia, invocando questões de segurança, mas, de acordo com o GDI, o empreendimento foi aprovado em Março deste ano e os trabalhos de concepção preliminar ficaram concluídos no passado mês de Julho.

Sofia Jesus