Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Renovação do Macau Dome vai custar 30 milhões de patacas
Terça, 04/12/2018
A renovação da Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental de Macau vai custar cerca de 30 milhões de patacas. A informação foi avançada à TDM-Rádio Macau pelo porta-voz do Instituto do Desporto.

A renovação do Macau Dome foi uma das razões apresentadas hoje pelo Instituto do Desporto para justificar o aumento do orçamento para o próximo ano à comissão permanente da Assembleia Legislativa que analisa na especialidade a proposta de lei.

Em resposta à Rádio, o Instituto do Desporto explicou que as obras no pavilhão desportivo fazem parte de uma série de trabalhos para os 20 anos do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau.

Os trabalhos de manutenção e reparação incluem a limpeza e pintura da estátua à entrada do pavilhão, a reparação do pavimento, e da estrutura de aço do Dome, assim como reparação das vedações e reorganização das zonas verdes na zona envolvente.

Além disso, vai ser necessário actualizar o ‘hardware’ do equipamento de segurança e contratar pessoal para o suporte técnico. Isto para cumprir os requisitos de segurança da Polícia de Segurança Pública, explicou o porta-voz do Instituto do Desporto.

Outra entidade que vai ter um reforço orçamental também devido a obras, entre outros factores, é o Instituto Cultural. Neste caso são mais 21,3 por cento para 1023 milhões de patacas.

Em resposta à TDM- Rádio Macau, o Instituto Cultural adiantou que no orçamento do próximo ano, “cerca de 113 milhões de patacas serão utilizados na abertura de uma série de novas instalações culturais, no restauro de sítios patrimoniais como a Casa de Lou Kau e a Casa do Mandarim e na melhoria do sistema contra incêndios do Centro Cultural de Macau e das instalações do Museu de Macau, entre outros”.

O valor inclui também o restauro e abertura de novas instalações culturais como a Casa Memorial de Xian Xing Hai, a Vila de Nossa Senhora de Ká Hó e das 12 moradias localizadas na Avenida do Coronel Mesquita.

Fátima Valente