Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Urso Bobo: Casa Museu vai ser criada em Coloane
Sábado, 01/12/2018
O presidente do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM), José Tavares, indicou à TDM- Canal Macau que o corpo embalsamado do urso Bobo vai para Coloane, para uma nova casa museu.

O novo espaço, acrescentou, fica situado na marginal da vila de Coloane num edifício que vai ser recuperado. “Temos já o projecto mais ou menos feito. Estamos a tentar lançar o concurso no primeiro trimestre do próximo ano. Vamos ver se fica concluído no último semestre”, afirmou José Tavares.

A decisão do Governo de embalsamar o urso da Flora não reúne consenso. Hoje oito associações ligadas à defesa e protecção dos animais concentram-se na zona zoológica do Jardim da Flora, em protesto.

“Julgo que vamos manter a nossa decisão desde o início”, reagiu o presidente do IACM a esta actividade.

“Respeitamos a manifestação agendada. É um direito civil de cada pessoa de se manifestar dentro do quadro legal”, acrescentou.

O embalsamamento do urso Bobo já começou, mas a Associação de Protecção aos Animais Abandonados de Macau, decidiu na mesma levar a iniciativa avante. Os activistas querem mostrar que o Governo tem de ouvir a população antes de tomar decisões.

Durante a concentração vão recolher assinaturas e contam entregar uma petição ao Governo no início da próxima semana.

A fundadora e presidente da Associação de Protecção aos Animais Abandonados de Macau, defendei esta semana à TDM- Rádio Macau que o urso não devia ser embalsamado.

“É como se fosse uma pessoa da família. Quando alguém morre, temos duas maneiras de tratar das coisas: ou enterramos ou cremamos. Achamos que cremar o Bobo é a melhor maneira. E depois podíamos depositar as cinzas na floresta ou na colina. Pensamos que isso seria o mais adequado para o Bobo”, afirmou Yoko Choi.

A reunião deste sábado foi divulgada em comunicado enviado pela Associação Novo Macau.

A concentração está marcada para a zona zoológica do Jardim da Flora, entre as 16h e as 17h. A associação organizadora vai ainda recolher assinaturas, no mesmo dia das 14h às 20h, para impedir o avanço do processo de embalsamamento que já está em curso.

Marta Melo e Fátima Valente com José Costa Santos (TDM- Canal Macau)