Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Carlos Álvares: BNU com mais de 600 milhões de lucro em 2018
Sábado, 29/09/2018
O Banco Nacional Ultramarino espera encerrar o ano de 2018 com lucros superiores aos 600 milhões de patacas, revelou no Rádio Macau Entrevista, o presidente-executivo do banco, Carlos Álvares.

“Acho que é possível dobrar os lucros do primeiro semestre (310 milhões de patacas). Vamos apresentar lucros fortes. Vamos estar sempre com return on equity (roe) acima dos 10 por cento. O caminho que queremos trilhar é atingir lucros superiores aos 600 milhões de patacas”, diz.

Os lucros vão, no entanto, ser inferiores aos 706 milhões de patacas registados no ano passado. Carlos Álvares explica que isso se deve ao facto de, em 2017, o banco ter vendido uma agência por mais de 100 milhões de patacas, o que contribuiu para lucros tão elevados.

O novo presidente-executivo do BNU diz que, apesar de esperar lucros inferiores ao ano passado, o banco terá aumentos em todos os parâmetros da actividade.

Na entrevista à Rádio Macau, Carlos Álvares adianta que o Banco Nacional Ultramarino pretende captar os clientes mais jovens e anuncia a abertura de uma agência na Universidade de Macau em Outubro.

No Rádio Macau Entrevista, o presidente-executivo do BNU fala, também, da emissão da pataca.

“A última revisão foi em Setembro 2010 e termina em Outubro de 2020. Na revisão é, explicitamente, referido que o BNU tem executado com rigor a sua missão. É com muito orgulho que somos - e pensamos continuar a ser - um dos bancos emissor da pataca. Estamos disponíveis para analisar a situação quando as autoridades assim entenderem. Queremos continuar como banco emissor”, refere.

Recorde-se que a função de banco emissor é repartida pelo BNU e pelo Banco da China.

A entrevista com Carlos Álvares foi emitida hoje, ao meio-dia. Pode ouvi-la de novo, em repetição, segunda-feira às 10h30 ou, em permanência, nas plataformas digitais da TDM.

Gilberto Lopes