Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Investigada autorização de aterragem após incidente "grave"
Quarta, 26/09/2018
A Autoridade de Aviação Civil de Macau (AACM) está a investigar uma decisão tomada pela torre de controlo do Aeroporto Internacional de Macau, no dia 28 de Agosto, autorizando um voo da EVA Air a aterrar minutos depois de um incidente com um outro avião, da Capital Airlines, ter deixado destroços espalhados pela pista. A notícia é avançada hoje pelo Ponto Final.

O jornal escreve que o avião da EVA Air vinha de Taiwan com 180 pessoas a bordo e acabou por aterrar sem incidentes, apesar de a aterragem ter acontecido cinco minutos depois daquilo que foi classificado como “um incidente grave” com o avião da Capital Airlines. Segundo o Ponto Final, a pista só foi limpa depois de o avião da EVA Air ter aterrado.

O jornal refere ainda que a investigação está a ser conduzida em conjunto com a Administração da Aviação Civil da China e que, segundo a AACM, as conclusões deverão ser divulgadas no relatório final.

Sofia Jesus