Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

PJ deteve suspeitos de homicídio
Terça, 03/04/2012

A Polícia Judiciária (PJ) deteve três homens suspeitos de um homicídio na zona norte da cidade, um caso ocorrido no dia 10 de Janeiro passado. As autoridades dizem que, com esta detenção, evitaram a morte de uma empresária.

 

A vítima mortal era um homem de 39 anos, proprietário de uma oficina de reparação de automóveis, encontrado gravemente ferido no edifício Fok Hoi, na Areia Preta. O homem acabou por não resistir aos ferimentos.

 

Segundo a PJ, os três indivíduos agora detidos tinham negócios, mas houve problemas com um investimento, pelo que os dois homens naturais de Macau terão pago 100 mil yuan ao suspeito oriundo da China para que este matasse o empresário.

 

Mais recentemente, um dos suspeitos locais pediu um empréstimo de um milhão de patacas a uma outra empresária mas, como não podia devolver o montante, terá voltado a contratar o mesmo assassino do Continente para a matar.

 

No passado dia 1, o homem entrou ilegalmente em Macau – a intenção seria deitar fogo ao estabelecimento comercial de que a mulher é proprietária, afirma a Judiciária, que contou com a ajuda das polícias de Zhuhai e Guangdong na investigação deste caso.

 

Num outro caso ocorrido hoje de madrugada num casino do NAPE, um indivíduo da China Continental tentou trocar 18 notas falsas de mil dólares de Hong Kong - pelo menos 15 tinham o mesmo número sequencial. O suspeito alega que as ganhou ao jogo na China e em Hong Kong.