Em destaque

16 de Novembro 2018: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1802 patacas e 1.1335 dólares norte-americanos.

Mangkhut pode obrigar apenas ao içar do sinal 8
Quinta, 13/09/2018
Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos dizem o super tufão Mangkhut vai provocar em Macau um impacto menor do que inicialmente se pensou. Nas últimas horas, a trajectória da tempestade alterou-se, deslocando-se mais para sul.

A meteorologia prevê agora que o tufão faça com que seja içado sinal número 8 durante o próximo domingo, da parte da tarde. A previsão é que o Mangkhut vai passar mais tempo em terra e que perca força, mas tudo depende do que acontecer nas Filipinas.

“O tufão vai aproximar-se de Macau no domingo, com uma intensidade semelhante ao de um tufão de sinal 8, mas temos de ver se a trajectória do tufão vai mais para sul. Se virar para norte, então vai intensificar-se. Tudo depende da trajectória, por isso, ainda há a possibilidade de içar o sinal número 10”, disse Tang Iu Man, subdirector dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, à saída da reunião desta tarde da Protecção Civil.

Tang Iu Man disse também que, neste momento, o impacto do Mangkhut deve “ser semelhante ao do tufão Hagupit”, que atingiu o território em 2008.

Com a actual previsão, 200 quilómetros é o mais próximo que o Mangkhut vai estar de Macau. Os serviços antecipam que o tufão vai sentir-se com mais intensidade a partir do meio-dia de domingo e afectar sobretudo a zona Este do território.

Em relação às previsões de “storm surge”, o nível das águas deve subir menos que o previsto inicialmente: ontem as autoridades adiantavam que o nível das águas podia subir dois metros e hoje falam numa subida entre 0,5 e 1,5 metros.

João Picanço