Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Galgo do canídromo morto para não sofrer devido a doença
Sexta, 31/08/2018
Um veterinário do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) decidiu pôr fim à vida de um galgo do canídromo, que tinha nove anos e sofria de um tumor e de uma grave hemorragia. Num comunicado, o IACM explica que o veterinário que acompanhava o caso decidiu colocar fim à vida do animal, “por meio humanitário”, para lhe poupar sofrimento. A empresa Yat Yuen já foi notificada.

De acordo com o IACM, mais de 30 galgos continuam a receber tratamento médico no canídromo. A maioria está “em situação estável”, garante o instituto, que promete continuar a monitorizar o estado de saúde dos animais e a disponibilizar tratamentos “adequados e atempados”, em conformidade com a Lei de Protecção dos Animais.

Sofia Jesus