Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

CPU: Reservatório para o canídromo não reúne consenso
Quarta, 29/08/2018
No dia da apresentação do plano de aproveitamento do espaço onde está o canídromo, o principal ponto de discussão do Conselho do Planeamento Urbanístico (CPU) prendeu-se com a hipótese do reservatório.

Lee Hay Ip, um dos elementos do CPU, foi uma das vozes que se mostraram a favor da solução apresentada, que visa aproveitar a parte subterrânea do espaço para uma medida de prevenção de desastres.

“Este terreno é suficiente para a construção do reservatório e também do parque de estacionamento. Também chega para a rede rodoviária. 40 mil metros quadrados significam quase uma piscina olímpica de 25 metros. Isto já é um espaço suficiente para construir um reservatório e aliviar o problema das inundações naquela zona”, disse Lee Hay Ip, depois de ser apresentado o plano ao CPU.

Por outro lado, há quem defenda outra localização para o reservatório. O NAPE pode ser uma solução, como refere Chan Tak Seng: “Estou contra, não acho que o reservatório deva ser construído aqui. Por que não numa outra zona? Especialmente uma zona direccionada para a construção de escolas e instalações desportivas. Eu acho que devíamos aproveitar melhor as zonas subterrâneas, como a zona do NAPE”.

João Picanço